Header Ads

Diga não ao namoro por diversão!

Fala, galera!

O papo de hoje é sobre namoro por diversão...
Alguns podem perguntar: "Mas isso é assunto que se trate num site para jovens e adolescentes cristãos?"

Minha resposta será clara e em caixa alta: 
CLARO QUE SIM! 
O que têm de jovens e adolescentes cristãos contaminados com o sistema desse mundo e praticando coisas inomináveis, nem se conta...

Quer cair na real sobre o que tem acontecido com nossos jovens e adolescentes? 
Faça uma visita na nossa SEÇÃO CONFESSE e invista tempo em intercessão pela galera!

Infelizmente, o que tem acontecido, é uma verdadeira tsunami (invasão) de princípios imorais e pervertidos em direção a Igreja. 
Tudo tem se tornado tolerável e "normal", até mesmo comportamentos que, claramente, são gerados no inferno...

O cristão atual sente-se tão livre, que acredita que pode usar dessa "liberdade" para fazer de tudo o que o mundo e os desejos indicam com satisfatório.

“Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade: porém não useis da liberdade para dar ocasião à carne;..." (Gálatas 5:13a)

É isso o que tem acontecido em nossas Igrejas...
A galera quer extravasar os limites estabelecidos pelos princípios da Palavra de Deus.

O que "passa batido" é: Sempre que ferimos um princípio estabelecido pela Palavra de Deus, seremos também feridos por esse mesmo princípio consequentemente... 
É o famoso: "Tudo o que vai, volta"; Ou a lei da semeadura e colheita.

"Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá.
Image and video hosting by TinyPic Quem semeia para a sua carne, da carne colherá destruição; mas quem semeia para o Espírito, do Espírito colherá a vida eterna." 
(Gálatas 6:7-8)

Hoje em dia, se ouve no universo chamado "gospel" frases do tipo:
- Peguei fulano (a);
- Fiquei com ciclano (a);
- Vou me dar bem essa noite...

Namoro por diversão, nada mais é que um relacionamento sem compromisso, onde os envolvidos na situação estão emprestando seus sentimentos e corpos para que o diabo faça a festa!

Talvez uma piriguete gospel ou um filho da perversidade travestido de cristão que já está acostumado com tal comportamento diga: "Ah! Isso é radical demais!"

Radical demais nada!
Se ter um posicionamento segundo os princípios de Deus é ser radical demais, o que seria ser radical de menos? 

Vou dizer o que seria ser radical de menos: Ficar se agarrando escondido pelos muros da vida, ir contra a conduta considerada santa pela Bíblia, fazer sexo antes do casamento, ter relacionamento sem compromisso, ficar se excitando por causa dos beijos e carícias do namoro por diversão e por aí vai... Pronto, falei! Ufa! Tô me sentindo melhor agora... Rsrs

Nossa satisfação como cristãos deve estar em viver para Deus e ter intimidade com Ele, e não em buscar satisfação no corpo do outro se prostituindo, defraudando e abrasando.

Poucas são as pregações que condenem o pecado por que isso não agrada ao "público", mas muitas são as pregações que falam sobre prosperidade, auto-ajuda, controle emocional e coisas do tipo. 
Mas lembre-se: Todo aquele que vive quebrando princípios de Deus, sempre viverá em total descontrole em todas as áreas de sua vida!

Galera, posso estar parecendo duro demais, mas a turma está passando dos limites!

Deus quer usar nossas vidas, e isso é fato!
Porém, como Deus pode encontrar um espaço para nos usar, se oferecemos nossos corpos aos prazeres e deleites que esse mundo e sua cultura prega como correto, mas que na verdade, vão totalmente contra a vontade de Deus para nossas vidas?

Quebrar princípios de Deus NÃO deve ser opção para jovens e adolescentes que querem impactar uma geração!

Convido a todos para permitirmos que o Espírito Santo nos convença de todo o pecado, nos arrependamos e voltemos para o centro da Sua vontade.

"Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação; que vos abstenhais da prostituição;" 
(1 Tessalonicenses 4:3)

Abraço, galera!



3 comentários:

  1. Olá pessoal do fuja crente!!

    De fato é uma maravilha estas postagens, servem como um "benzetacil" em nossas vidas.

    Outra coisa: ainda estou aguardando uma resposta de um e-mail que mandei, por favor assim que puder respondam.

    Graça e paz!!!

    ResponderExcluir
  2. "filho da perversidade travestido de cristão" e "piriguete gospel", triste mas conheço alguns! :/

    ResponderExcluir
  3. Sinto falta de gente de Deus, gente verdadeira que proclama Deus. Isso não quer dizer que estamos forçando alguém a seguir o nosso pensamento, mas é uma puxada de orelha naquele cristão que faz parte do nosso rebanho e que está destorcendo a vivência cristã e passando uma imagem errada para muitos outros cristãos e não cristãos. Temos que dar o exemplo, eu não vou mudar o dogma da minha igreja, nem quero, porque confio na santa doutrina da minha igreja. Pecadores mesmos somos nós, e espertinhos demais para querer santificar o pecado e transformar algo transgressor em 'normal'. Parabéns pelo site, amei, vou recomendar.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.