Header Ads

Baseado em fatos reais...

Suicídio (do latim sui, "próprio", e caedere, "matar") é o ato de provocar a própria morte.

Tendo em vista que não existe somente a morte física, vamos falar sobre a morte existencial e espiritual que alguns de nós, cristãos, estamos nos acostumando...

"Porque o salário do pecado é a morte..." (Romanos 6:23a)

Todos nós conhecemos essa passagem bíblica e, principalmente, a aplicação dela na prática!
Quando erramos, sentimos o amargar da morte, proporcionada pelo pecado que escolhemos praticar...
Portanto, se sabemos que o pecado gera morte, e insistimos em permanecer na prática e sem pedir ajuda, estamos cometendo suicídio.

Lembre-se que pecar, todos nós pecamos, mas alguns de nós decide permanecer em estado de pecado. E, justamente por isso, desenvolvemos a conhecida hipocrisia, onde representamos ser cristãos cheios de Deus, mas apenas somos cheios de cargos, títulos e mentiras.

Para alguns, o pecado deixou de ser um acidente de percurso, para ser a certeza de comportamentos premeditados, onde o importante é que ninguém descubra...

De antemão repreendo, em nome de Jesus, a voz do diabo que poderá te dizer após ler os depoimentos abaixo: "Se todo mundo faz, por que só você tem que ficar se guardando de errar?"
O diabo é o pai da mentira, e poderá te tentar com esse questionamento...
Afirmo: Nunca troque paz por prazer, pois toda a atitude que fere os princípios de Deus, tem uma colheita de morte.
Lembre-se da lei da semeadura e colheita!
A semeadura é opcional, sempre escolhemos o que plantar, mas a colheita é certa. Após lançar uma semente, mesmo que nos arrependamos, teremos que colher do seu fruto!

Jogos suicidas - Baseado em fatos reais
(Depoimentos retirados da Seção confesse)

Anônimo 1:
Sou músico na Igreja, reconhecido por ser excelente em tudo o que faço e filho de pastor.
Eu e minha namorada praticamos sexo antes do casamento. Na verdade, fomos tomados pela curiosidade e nos esquecemos totalmente de Deus. Hoje, mantemos essa situação às escondidas e sempre que estamos juntos e sozinhos, não conseguimos resistir e caímos. Mesmo quando não fazemos sexo, as carícias são bem intensas.
Nos sentimos como mortos-vivos dentro da Igreja. Ela tem muita vergonha de tudo e de todos que nem mais participa de nenhum ministério na Igreja. Eu continuo exercendo minha função de músico, mas não consigo sentir a presença de Deus como era antes.

Anônimo 2:
Sou obreiro na minha Igreja e de muita confiança do pastor. Sou casado há muito tempo e tenho dois filhos já maiores de idade. Estou tendo um caso com uma irmã da Igreja. Já saímos algumas vezes e tenho muito medo que isso se torne público. Desculpa falar desse jeito, mas não consigo nem mais me sentir culpado ou com necessidade de arrependimento. Na verdade, nem sei porque estou escrevendo isso aqui, pois estou meio que satisfeito com essa situação.
Na Igreja sou exemplo em tudo! Tenho deixado de fazer as coisas mais públicas na Igreja, pois me sinto mal. Pregar, nem pensar! Não sei como vai terminar essa situação, só sei que estou aprisionado a isso tudo!

Anônimo 3:
Sou líder de jovens, mas sou viciado em vídeos pornográficos, tanto heterossexuais quanto homossexuais. Tenho muita vergonha disso. Já fiz inúmeras promessas, mas sempre volto ao mesmo lugar e site de pornografia. Como consequência da pornografia, sou também viciado em masturbação. Sou exemplo para muita gente na Igreja. Sou admirado, mas só eu sei a minha condição por dentro. Estou morrendo com tudo isso!

Anônimo 4:
Tenho 15 anos, sou do grupo de adolescentes, teatro e louvor da minha Igreja. Já tive várias relações sexuais com outros garotos, até mesmo da Igreja. Ninguém desconfia! Não consigo confiar em ninguém pra contar e pedir ajuda. Por isso vim aqui...
Me sinto muito mal com tudo isso, mas não consigo parar!
Por favor, orem por mim, pois não consigo sair disso!


Como já citamos acima o versículo bíblico:
"Porque o salário do pecado é a morte..." (Romanos 6:23a)

Mas não esqueçamos da segunda parte do versículo, que é para todos aqueles que se arrependem e decidem sair do estado de pecado:
"...mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor." (Romanos 6:23b)


Peça ajuda!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.