Header Ads

Sexo, será que está na hora?

*Inspirado na música "Depois do casamento" Dj Alpiste
** Elaborado por Vágner Maurício (@FujaCrente)

Narrador: Conheçam agora Bruna e Leonardo… Dois adolescentes que terão que aprender a lidar com suas emoções, tentações e dificuldades em seus relacionamentos.

Bruna: Muito prazer, meu nome é Bruna! Bom, isso eu acho que você já sabe, não é?
Tenho quinze anos e estou cursando a oitava série ou nono ano como é dito hoje em dia.
Moro com meus pais e meu irmão mais novo. Ele é um chato! Gosto de ver televisão, de ficar navegando na internet, de maquiagem, de ir ao shopping e sair com minhas amigas. Ah! Estou namorando um garoto chamado Leonardo que conheci na Igreja.

Leonardo: Opa! Esse sou eu: tenho dezesseis anos, também estou na oitava série porque ano passado eu repeti. Mas a culpa não é minha! Meus professores que não conseguiram me fazer aprender… Eles são os culpados! Moro com meus pais e tenho um irmão de vinte anos que faz faculdade de administração. Não sei pra que fazer faculdade de administração… Na verdade, nem sei o que é isso! Rsrs
Gosto de animais, de vídeo game, de jogar meu futebol, de entrar na internet (não me pergunte agora o que tenho feito na net!) e de sair com a galera. Entrei pra Igreja faz pouco tempo e conheci a Bruna.

Narrador: A Bruna e o Leonardo estão namorando há, mais ou menos, um mês. Os pais de Bruna e a mãe de Leonardo são da Igreja. Apenas o pai de Leonardo que não é…

Bruna: Na verdade, se acender um fósforo perto dele é bem capaz de Ter uma explosão. Rsrs

Leonardo: Ele só vive bêbado. Agente não se dá muito bem. Mas depois agente fala sobre isso!

Narrador: Mesmo que eles estejam namorando por apenas um mês, já tem coisa rolando que não devia rolar… Você já deve Ter lido em algum post por aqui que Intimidade é algo progressivo e que beijo demorado excita…
Diante dessas coisas que tem acontecido, vamos ver como anda o papo de Bruna e Leonardo enquanto eles estão esperando os pais na frente da Igreja depois do culto.

Leonardo: Sabe Bruna, o que eu sinto por você é algo muito forte. Nunca senti nada assim por ninguém em toda a minha vida!

Narrador: Até parece que já teve vida longa! Mas, vamos deixar os dois conversarem…

Leonardo: E você me ama também?

Bruna: Você sabe que sim!

Leonardo: Desde que começamos a namorar, tenho vontade de ficar logo com você.

Bruna: Ficar? Mas agente já está namorando…

Leonardo: Você sabe bem o que estou querendo dizer… Esperar mais o que? Eu posso Ter você e você pode me Ter também. Afinal de contas agente se ama!

Bruna: Mas, Leo, tenho medo!

Leonardo: Calma, minha menina, ninguém vai ficar sabendo! Já pensei em tudo.
Conheço um lugar maneiro.
Você sabe o quanto eu amo você. Tá na hora de você me corresponder!

Bruna: Leonardo, meus pais estão vindo.

Leonardo: Tá bom, mas depois quero saber o que você acha disso!

Narrador: Que situação, heim! O que será que Bruna vai responder pra Leonardo? Quero só ver como essa brincadeira vai terminar…

Narrador: Como já vimos, Leonardo é um novo convertido. Acredito não ser uma boa idéia que pessoas recém chegadas à Igreja começem a namorar. É um período de desprogramação de coisas erradas que aprendemos e de receber uma nova programação e conceitos cristãos.
Vamos saber como era Leonardo há dois meses atrás, antes de frequentar a Igreja…

———–

Leonardo: Mãe, hoje tem Mc Titica lá no Clube Caldeirão. Quero dinheiro pra poder ir!

Dona Silvia: Mas, Leo hoje é domingo e amanhã você tem aula cedo!

Leonardo: Ah, mãe, besteira! Libera logo aí!

Dona Silvia: Com quem você vai? Que horas pretende chegar? Eles servem bebida lá?

Leonardo: Não interessa, mãe.

Dona Silvia: Ah é! Então vai falar com seu pai!

Narrador: Nessa dia, nem falar com o pai ele foi. Ligou para uma amigo e foi sem avisar.
Seu amigo Anderson tinha vendido um relógio que seu pai deu e estava com dinheiro pra emprestar para Leonardo.
No caminho, estava combinando como seria aquela noite…

Anderson: Vou pegar todas! Vamos apostar quem fica com mais meninas essa noite?

Leonardo: Demorô!

Narrador: Bom… Detalhes dessa noite eu nem preciso contar.
Se encheram de uma bebida, que hoje é considerada leve para os adolescentes, mas que possui um teor de álcool considerável que se disfarça pelo gosto de frutas. Sabe qual estou falando, não é? Procure saber como se escreve “gêlo” em inglês, e você saberá o nome ao certo!

Leonardo chegou em casa às cinco da madrugada. Escutou um sermão dos pais, não foi para o colégio e ainda por cima, passou mal durante todo o dia.
É… Isso é somente um pouco sobre Leonardo.
Perceba um adolescente, desobediente, irresponsável, inconsequente, rebelde, que fica com todo mundo, bebe… Ah! Esqueci de dizer… E que fuma cigarro pra mostrar que é homem.
Eu pergunto a você: Como uma pessoa que vivia desse jeito pode conhecer a Cristo num dia e na semana seguinte já estar namorando?
Jesus precisa tratar esse coraçãozinho…

Leonardo: Caraca! Nem pensei nisso. Também nunca falaram isso pra mim! Cheguei na Igreja e já me chamaram até pra tocar bateria!

Narrador: É, galera, precisamos prestar mais atenção nas coisas que fazemos. Estamos tão empolgados pra que a pessoa fique na Igreja, que fazemos de tudo pra isso e esquecemos do processo de transformação. Mas esse é outro assunto…
Mas, a vida de Leonardo começou a mudar quando um amigo da escola falou do amor de Jesus pra ele através de um material chamado de “As Quatro leis espirituais” (se você não conhece, procure conhecer!).
Depois disso, ele começou a frequentar a Igreja e conheceu a Bruna.

Leonardo: Bruna, Bruna, Bruna… Qual será a resposta da Bruna pra mim? Afinal, agente se gosta tanto!

Narrador: Há duas semanas atrás você disse o mesmo pra três garotas diferentes!

Leonardo: Estarei com ela amanhã e vamos ver se vai rolar…

Narrador: Enfim chegou o dia da tão esperada conversa com Bruna.
O que será que Bruna vai fazer nessa situação?

Narrador: É galera, chegou o dia da resposta de Bruna. Que situação, heim!
Na adolescência é comum o desejo de ser aceito pelas pessoas; sejam estes colegas, amigos ou namorados. Acabamos fazendo o que todos fazem, somente para sermos aceitos pelo grupo. E nem pensar em contrariar a opinião de alguém!
Com Bruna não é diferente. Será que ela vai ceder às vontades do namorado só pra não perder ele? (isso é o que a maioria faz com medo de perder o sapo fantasiado de príncipe encantado).
Mas não quero com essa frase julgar o Leonardo! Vamos esperar a resposta de Bruna e ver qual será sua reação…
Mas… vamos lá!

Leonardo (pensando alto): Hoje vou estar com a Bruna. Só pra dar uma moral, nem liguei pra ela nesses últimos dias. Vou encontrar com ela na Igreja e depois vamos ao shopping ou pra um lugar mais aconchegante que arrumei pra ir…
Os pais dela confiam em mim. Afinal de contas, agora eu estou na Igreja, não é?
Bom… deixa eu ir logo, senão posso me atrasar!

Bruna: Oi, Leo! Tudo bem?

Leonardo: Tudo bem! Mas ainda espero que melhore…

Bruna: Agente precisa conversar!

Leonardo: Só se for agora!

Bruna: No shopping agente conversa então…

Leonardo: Não! Vamos bater esse papo agora!
Quem sabe agente deixa o shopping e vai curtir um lugar mais calmo…
Ah! Tive uma idéia melhor: Vamos conversar nesse lugar mais calmo que arrumei?

Bruna: Então prefiro que seja aqui mesmo!

Leonardo: ok!

Bruna: Tenho que falar que pensei o tempo todo no que me disse. E sinto a mesma vontade que você e isso tá acabando comigo!
Me sinto muito atraída por você e não sei até quando vou resistir a essa tentação.

Leonardo: Mas então…

Bruna (interrompendo): Mas deixa eu falar tudo o que tenho pra falar!

Leonardo: Ok! Mas saiba que eu te amo muito!

Bruna: Eu sei!
Não me peça pra fazer o que eu to mesmo afim de fazer. E não pense que não gosto de você.
Não me toque mais do jeito que agente deixou rolar até hoje! Quero controlar minha vontade.
Leo, tem algo muito mais importante do que isso tudo pra mim…

Leonardo: O que seria isso?

Bruna: Não somente eu, mas você também assumiu com Jesus um compromisso e responsabilidades!
Ele fez tudo por nós e é isso que devolvo pra Ele?

Leonardo: Mas…

Bruna: Nada do que você falar vai mudar minha opinião.
E se você realmente gosta tanto de mim como diz que gosta, vai saber esperar também.
E aí, Leo! O que agora você tem pra me dizer?

Narrador: Mesmo admitindo sua fraqueza, Bruna decide concertar o que estava errado no seu namoro e não deixar que sua vontade a domine.
Não é bom deixar as coisas chegarem a esse ponto como chegou o relacionamento de Bruna e Leonardo.
A essa altura tudo é muito mais difícil. Mas não impossível de resolver…

Bruna: E aí, Léo?

Leonardo: Percebi que essa é sua última palavra. E…

Leonardo: Bruna, não era minha intenção criar todo esse problema!

Bruna: Pára com isso! Será que você acabou de se converter? Fala a verdade, Leo. Armou tudo pra tentar me seduzir!

Leonardo: Tudo bem! Realmente eu agi errado. Não pensei no que Deus achava de tudo isso.

Bruna: Agora acho que se ligou na situação.

Leonardo: eu estou na Igreja, preciso ser inteligente e parar de agir como eu agia antes…

Bruna: isso tudo que agente viveu foi uma fraqueza nossa.

Leonardo: Mas acredito que, com Deus, agente se torna forte. A partir de agora as coisas somente vão estar boas pra mim se estiverem boas pra Deus e pra você também.

Bruna: Mas acho que isso tudo pode voltar a acontecer. E se agente não for forte o bastante? E se agente não conseguir resistir?

Leonardo: Minha linda, nós vamos conseguir vencer juntos com oração e também vamos procurar ajuda. Desse jeito agente consegue!
Gosto muito de você. Logo, decidi esperar o momento certo que Deus determinou pra nossas vidas.

Bruna: Também te amo. E isso é o melhor que agente poderia fazer.

Narrador: É gente… Amor e sexo não são a mesma coisa. E não tem que vir uma coisa junto com a outra. Tudo na nossa vida tem consequências.
Sejamos inteligentes! Sei que é difícil hoje em dia, pois quase tudo gira em torno de sexo. É algo que entra em ebulição na adolescência, e ainda somos bombardeados todos os dias, principalmente pela TV, que diz ser natural ter relações relâmpagos. (Ainda ontem vi um conceituado apresentador dizer que sai com prostitutas e que não há mal algum nisso).
Deus criou coisas para serem usadas, e pessoas para serem amadas e respeitadas. Se há uma inversão nesse princípio, algo está errado.

Bruna: Nós procuramos ajuda e hoje estamos bem! O sentimento de carinho e respeito se tornou algo muito maior e mais importante do que as vontades e desejos da nossa carne.

Leonardo: Não que deixamos de nos sentir atraídos um pelo outro, mas aprendemos a fugir desses desejos e que o carinho e respeito são a maior prova de amor que poderíamos dar um para o outro. Em outros tempos eu me acharia um cafona em falar desse jeito. Mas, posso afirmar que estou muito feliz assim.

Bruna: Leo, entrou numa aula de bateria e já está começando a tocar na Igreja. Eu ajudo com as crianças na escola dominical. E Deus tem derramado do seu amor e aprovação sobre nós.
Um delírio de momento nunca pagaria isso que estamos vivendo agora!

Leonardo: Jesus é demais! Sem Ele agente não conseguiria. Ele nos perdoou e nos deu forças pra seguir no caminho correto.

Bruna: Ah! Tem um coisa que agente ensaiou pra falar juntos no final dessa estória… Vamos dizer, Leo?

Leonardo: Vamos lá! Um, dois, três…

Bruna e Leonardo: VALE APENA ESPERAR!

Bruna: Tchau!

Leonardo: Obrigado por tudo, galera!

Narrador: E eu que pensava que o final dessa estória não seria bom. Na verdade o fim está sendo um novo começo…

Jesus abençoe a todos vocês!

4 comentários:

  1. Fico triste por ser a primeira a comentar... mas enfim gosto muito desse site que Deus abençoe os editores de esses esclarecimentos de vidas que vcs nos passa tenho filhos e espero em Deus que eles saibam esperar a hr de Deus p vida deles! Bjs da Irma Deby <3

    ResponderExcluir
  2. Esta história é educativa, gostei tenho caido na tentacao mas com jesus o impossível torna se possivel para nos

    ResponderExcluir
  3. Peço oração por mim e pelo meu namorado... eu luto todos os dias contra a tentação mas é quase impossível, as vezes acontece de o clima esquentar e eu acabar masturbando ele, na hora não sei o que acontece comigo na minha cabeça eu sei que aquilo esta errado e que eu não quero fazer aquilo mas eu não consigo parar não consigo dizer não... e isso me em como da muito e eu tenho vergonha de confessar pro meu pastor não sei o que fazer... alguém me ajuda por favor estou deseperada

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.