Header Ads

Saúde física e espiritual

O verdadeiro bem-estar é a combinação de saúde física e saúde espiritual.

Atualmente, as academias estão cada vez mais lotadas de pessoas preocupadas em cuidar de sua aparência física, e nem sempre isso significa cuidar da saúde, pois muitos desejam o "corpo perfeito", mas fazem uso de substâncias que, a curto prazo, embelezam o corpo, porém a médio e longo prazo, produzirão um grande estrago em sua saúde.

Ter paz e bem-estar não é somente ter um corpo atlético e fazer o que quer da vida. Ter paz e bem-estar vai muito além disso...
Conheço pessoas que possuem o considerado corpo perfeito, porém são massacradas por suas emoções. Dependência, desequilíbrio emocional, falta de perdão, escravidão afetiva e tantas outras doenças da alma.
Ter o "corpo perfeito" não faz com que ninguém possa vivenciar o verdadeiro bem-estar...

É possível ter o corpo em perfeito estado de saúde e, ainda assim, ter a alma doente e o espírito literalmente morto.
A doença física tira a saúde do corpo, porém o pecado tira a saúde do espírito e da alma.

Precisamos buscar esse equilíbrio entre o corpo e o espírito para que possamos desfrutar do bem-estar verdadeiro.

Da mesma forma como cuidar do corpo exige disciplina alimentar, abstinência daquilo que pode prejudicar a saúde e exercícios físicos, cuidar do espírito exige os mesmos cuidados.

Cuidando do espírito

1) Disciplina alimentar

Que tipo de alimento você fornece para seu espírito?
A expressão popular "Saco vazio não fica em pé", serve não apenas para mostrar a necessidade que o nosso corpo tem de alimento, mas para a necessidade que o nosso espírito também precisa ser alimentado diariamente.
É indiscutível os efeitos positivos da Palavra de Deus em nossas vidas. Precisamos nos alimentar de Bíblia.
Assim como nosso corpo precisa de alimento saudável, nosso espírito precisa de Deus, e a Bíblia é a principal referência de Deus que temos ao nosso alcance.
É possível que você tenha o "corpo perfeito", mas sente um vazio em você, e sempre precisa alimentar seus desejos, acreditando que o vazio vai embora, porém o tempo passa e fica escravo dos seus próprios desejos.
Quando alimentamos nosso espírito, deixamos de ser escravos dos nossos desejos.
As pessoas acreditam que liberdade é fazer tudo o que dá vontade de fazer, mas vejo pessoas totalmente escravizadas por suas vontades e desejos. Isso é realmente liberdade?
Precisamos ter disciplina na alimentação do nosso espírito.

2) Abstnência daquilo que pode prejudicar

Quando nos abstemos de coisas e comportamentos que nos prejudicam, não significa que não desfrutaremos do melhor da vida. Desfrutar do melhor é ter o poder de decidir e não ser escravizado por qualquer coisa, pessoa ou vício.
Abster-se é abri mão de algo bom e passageiro, para vivenciar algo muito melhor e duradouro!
O pecado mata o espírito e dilacera a alma!
Uma pessoa que vive em pecado, sempre vivenciará emoções destrutivas, tanto para quem está próximo dela, quanto para ela mesma.
Existem verdades bíblicas que, quando vivenciadas, promovem saúde. Porém, quando ferimos essas verdades, seremos automaticamente desequilibrados em nossas emoções. (Falo por conhecimento de causa!)

3) Exercícios

Precisamos exercitar nosso espírito.
A oração é o melhor exercício para o espírito.
Orar é falar com Deus.
Reserve momentos para falar com Deus.

De que adianta um corpo sarado e escultural se há morte do lado de dentro - em nosso espírito e alma.
Cuide-se por completo!
O ser humano não é só corpo, temos corpo, alma e espírito!

Deus nos abençoe nessa grande tarefa!

Valeu!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.