Header Ads

Masturbação - Uma questão de alimento

        Constantemente vejo jovens e adolescentes cristãos criando argumentos que justifiquem suas atitudes erradas. Alguns inventam até uma "base bíblica" pra isso, pegando apenas pequenos trechos da Santa Palavra de Deus e adequando ao seu próprio gosto.

     Há quem diga que masturbação e pornografia são coisas totalmente normais no cotidiano de um cristão, alegando: "se não podemos transar antes do casamento, logo precisamos aliviar os nossos hormônios através da pornografia e  masturbação".

     Masturbação é mais uma questão de alimento, do que uma questão  de hormônios em ebulição, afirmo.
Uma pessoa que se alimenta de contos eróticos,  vídeos pornôs, series com cunho sexual, revistas eróticas, pensamentos pornográficos, que visite salas de bate-papo de sexo ou qualquer outro tipo de material que estimule-a sexualmente, não conseguirá sair do domínio da masturbação.
     A primeira coisa a fazer, quando se decide vencer a masturbação, é deixar de de se alimentar de tudo aquilo que estimula e direciona a tal prática.

 
   "Mas, e os hormônios e vontades?"
Os hormônios continuarão sendo produzidos por seu corpo e, na juventude e adolescência, você terá muita vontade de "aliviar" essa tensão (Me entende, né?). Porém, meninos, nosso organismo têm uma saída pra isso, chamada polução noturna. Através de sonhos, o rapaz ejacula dormindo, são os conhecidos "sonhos molhados". Por ser algo involuntário,  não é pecado. Basta tomar um banho e a vida continua...

     Sabia que a Bíblia fala sobre polução noturna? Vejamos...
Deuteronômio 23:10 e 11 diz:
"Se houver entre vós alguém que por motivo de polução noturna não esteja limpo, sairá do acampamento; não permanecerá nele.
 Porém, em declinando a tarde, lavar-se-á em água; e, posto o sol, entrará para o meio do acampamento."

     Quando havia pecado, era recomendado o sacrifício de um animal. Perceba que, após a polução noturna, a única orientação era que tomasse um belo banho para se limpar.
     Portanto, polução noturna não é pecado!

     Vale lembrar que masturbação não é algo restrito a homens. Tenho recebido um número cada vez mais crescente de relatos de mulheres que vivem escravizadas por tal prática.

     Existem jovens e adolescentes desperdiçando o potencial que Deus depositou sobre eles, por viverem escravizados pela pornografia e masturbação. Fogem de assumir um compromisso maior com Deus, se recusam a orar em público ou evangelizar, por se sentirem indignos e pela culpa gerada pelo pecado.

     Precisamos resolver todas as questões que nos tornam infrutíferos para Deus.

     Que Deus continue abençoando sua vida!
 

4 comentários:

Tecnologia do Blogger.