Header Ads

Amor e sexo em Cantares de Salomão

Sexo não é maldição!
Sexo é bênção de Deus, no momento certo.

Para que isso fique bem claro, vejamos alguns trechos do livro de Cantares de Salomão...

AMOR E SEXO EM CANTARES DE SALOMÃO

A noiva fala com o noivo ou sobre ele...

Que os seus lábios me cubram de beijos! O seu amor é melhor que o vinho (1.2).

Leve-me com você! Vamos depressa! Seja o meu rei e leve-me para o seu quarto (1.4).

O meu amado têm cheiro de mirra quando descansa sobre os meus seios (1.13).

A grama verde será a nossa cama; os cedros serão as vigas da nossa casa, e os pinheiros serão o telhado (1.16-17).

Eu me sinto feliz nos seus braços e os seus carinhos são doces para mim. Ele me levou ao salão de festas e ali nós nos entregamos ao amor. Tragam passas para eu recuperar as minha forças e maçãs para me refrescar, pois estou desmaiando de amor. A sua mão esquerda está debaixo da minha cabeça, e a direita me abraça. Mulheres de Jerusalém, prometam e jurem... que vocês não vão perturbar o nosso amor (2.3-7).
É doce beijar a sua boca, e tudo nele me agrada (5.16).

Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu (6.3).

Venha querido, vamos para o campo; vamos passar a noite nas plantações de uvas... Ali eu lhe darei o meu amor (7.12).

O amor é tão poderoso como a morte; e a paixão é tão forte como a sepultura. O amor e a paixão explodem em chamas e queimam como fogo furioso. Nenhuma quantidade de água pode apagar o amor, e nenhum rio afogá-lo (8.6-7).


O noivo fala com a noiva ou sobre ela...

Você é tão bela, minha querida, como os animais da carruagem de Faraó. O seu rosto é lindo no meio das duas tranças; como é formoso o teu pescoço enfeitado de colares (1.9-10).

Venha comigo, minha querida. Você está escondida como uma pomba na fenda de uma rocha. Mostre-me o seu rosto; deixe-me ouvir a tua voz; pois a tua voz é suave, e o seu rosto é lindo (2.13-14).

Os seus dentes são brancos como ovelhas com a lã cortada, que acabaram de ser lavadas. Nenhum deles está faltando, e todos são bem alinhados. Os seus lábios são como uma fita vermelha, e a sua boca é linda... Os seus seios parecem duas gazelas, são como dois veados gêmeos, pastando entre os lírios (4.2-5).

Com um só olhar, minha noiva, meu amor, com uma só pérola do seu colar, você me roubou o coração. Como são deliciosas as suas carícias, minha namorada, minha noiva!... Os seus lábios têm gosto de mel, minha querida (4.9-11).

Pode haver sessenta rainhas, oitenta concubinas e muitas moças; mas eu amo somente uma, aquela que é perfeita como uma pomba (6.89).

Eu estou tremendo. Você me deixou ansioso para amar, tão ansioso como um condutor de carros de guerra para entrar na batalha (6.12).

As curvas do seus quadris são como jóias, são trabalhos de um artista...Você é tão graciosa como uma palmeira; os seus seios são como cedros e tâmaras. Vou subir na palmeira e colher os seus frutos. Os seus seios são para mim cachos de uvas. A sua boca têm o perfume das maçãs, e os seus beijos são como vinho delicioso (7.1-9).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.