Header Ads

Me magoaram muito! Será que vai passar?


Muitos podem ser os motivos de uma dor provocada em relacionamentos…

– Um pai que agrediu verbalmente ou fisicamente um filho, onde, no calor das emoções, acabou passando dos limites;
- Um namoro que terminou de forma inesperada, onde não há o que possa fazer;
- Uma amizade que, sem uma explicação clara, veio a se distanciar;
- Ser julgado de uma maneira errada;
- Rejeição;
- e muitos outros problemas de relacionamento…

Essas coisas provocam muita dor...

Nos momentos que se seguem à decepção, o sentimento que se tem é de que o mundo vai acabar.
Alguns correm para a solidão, outros buscam alguém para desabafar. Muitos preferem dormir para esquecer a situação, mas, ao acordar, percebem que a dor somente estava adormecida durante o sono, e isso quando a inquietação não gera uma desastrosa insônia.
Que luta!

Mas… será que essa dor vai passar?

Deixa eu contar algo que me aconteceu acerca de uma semana e meia atrás…

Cheguei um pouco tarde num determinado dia e a porta aqui de casa estava num estado de grande rebeldia pra fechar. Tive que fazer um esforço extra para conseguir meu objetivo. No impulso, acabei machucando meu dedo! Eita, como doeu!
Lá vou eu com a ponta do dedo indicador sangrando… Somente em correr a água por ele, tive praticamente a experiência de Paulo – se no corpo não sei, se fora do corpo não sei; mas quase fui ao terceiro céu de tanta dor. Rsrs
Passei uns três ou quatro dias com o dedo sentido e magoado… A dor que sentia durante esse tempo me fazia lembrar da cena com a porta assassina.

Dia após dia, percebi quão impressionante é o processo de regeneração após um machucado…

Mas… O que isso tem a ver com o nosso assunto?
Muita coisa!
1) A porta que me machucou tem uma função necessária, de proteção e segurança, mas que , por estar desajustada, me causou uma ferida e mágoa;
2) Até que eu providencie o concerto da mesma, preciso ter mais cuidado ao manuseá-la;
3) Enquanto sentia dor, me lembrava da cena;
4) A dor me fazia cuidar da ferida até que estivesse curada;
5) Sem dor e mágoa esqueci da situação.

Sei que os problemas de relacionamento não são tão simples assim…

1) Precisamos de pessoas em nosso convívio, portanto, não adianta se isolar. Ninguém é perfeito, e isso nos inclui.

“Assim como o ferro afia o ferro, o homem afia o seu companheiro.” (Provérbios 27:17)
O atrito promove amadurecimento!

2) Ore pela pessoa em questão e cuidado para não piorar as coisas antes que haja um arrependimento. Às vezes, queremos convencer as pessoas dos seus próprios erros, e nossas palavras criam outros novos problemas. Devemos orar para que o Espírito Santo convença do erro.

“Mas eu lhes afirmo que é para o bem de vocês que eu vou. Se eu não for, o Conselheiro não virá para vocês; mas se eu for, eu o enviarei.
Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo.” (João 16:7-8)

3) A dor vai passar!

4) Elimine a dor cuidando da ferida: Oração, Jejum e intercessão

5) A dor vai passar sim e a ferida vai cicatrizar!

6) Perdoe sempre!

Tenha certeza de uma coisa: Isso vai passar! Essa dor não durará para sempre!
Busque ao Senhor durante todo esse tempo de dor!

ESSA DOR VAI PASSAR!
Deus te ama profundamente!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.